Ponto de ouro

Um ponto para falar de fotografia…

EXPOCOM 2011 – ETAPA SUL, FOTOGRAFIA PUBLICITÁRIA 29/05/2011

Filed under: Dicas para iniciantes,Editorial — simonezmr @ 14:57
Tags: , ,

Quero aqui, parabenizar a minha colega Nádiane Schiefferdecker que ficou em primeiro lugar na categoria “Fotografia Publicitária” no Intercom Sul 2011, na Expocom.

Ela estava nervosa para apresentar e completamente tensa com alguns problemas do TCC que tem que entregar até terça, 31/05/11. Felizmente, seu conhecimento sobre fotografia e domínio da técnica permitiram que ela tivesse um bom desempenho.

Quero ainda parabenizar os outros candidatos, muitos com fotos incríveis também. Se algum deles estiver lendo o blog, indico que sigam os conselhos da banca. Alguns podem ter sido duros demais e até contraditórios com o que aprendemos na academia, mas acho que tudo que foi falado, contribui sim para a evolução de cada um de nós que ouvimos o que eles falaram.

Apesar de a banca ter dito que “tal coisa não vende”, lembro que estamos na academia, que é o lugar de experimentação. É aqui que podemos experimentar e, justamente, fazer o que não poderemos fazer no mercado. Quanto ao conselho de que “a modelo emagreça 20 kg” achei EXTREMAMENTE desagradável e desnecessário! A moça da foto era bonita (se ela emagrecer 20 kg vai ficar horrível!) e acho que está mais do que na hora de quebrarmos alguns pré-conceitos do mundo da moda. Será que a roupa só vende porque a modelo é magra ou será que está faltando coragem de colocar modelos GG em campanhas publicitárias e de moda? Desculpem, mas realmente achei ABSURDO o que foi dito naquela banca para alguém que está em uma academia, onde aprendemos que devemos QUEBRAR e não REFORÇAR ideias pré-concebidas!

Como quebrar um preconceito, se uma tentativa é criticada de forma tão violenta?

Ah, a modelo que “deve emagrecer 20 kg” aparenta usar, no máximo, um tamanho M…

Um abraço, e até a próxima!

Anúncios
 

ENTREVISTA: WESLEY ALMEIDA 16/03/2011

Filed under: Fotógrafos — simonezmr @ 20:21
Tags: , , ,

Olá!

Novidade no blog: Com a palavra, os fotógrafos! Conversaremos com fotógrafos de diversas áreas; social, jornalismo, publicidade, moda, etc. E traremos a visão deles sobre o assunto: planos, sonhos, divulgação e dicas!

Para dar início à série, entrevistei o fotojornalista paulistano Wesley Almeida. Trabalhando com fotografia desde de 2008, atualmente Wesley fotografa para a Canção Nova, uma entidade religiosa em Cachoeira Paulista (SP), na cobertura de eventos.

Como e quando começou o seu interesse pela fotografia?

Tudo começou com os desenhos. Desde pequeno tenho uma queda por eles.

Sempre tentei passar para o papel o que via, mas tinha muita dificuldade em reproduzir detalhes. Apesar da dificuldade, era o que mais me chamava atenção!

Em 2007, por uma necessidade da instituição onde trabalho, fui transferido de setor. Assim, tive meu primeiro contato com a fotografia, fazendo a limpeza do servidor de imagens, excluindo fotos que não seriam usadas. Passei, então, a ter interesse pela fotografia e percebi que, ao invés de desenhar, eu poderia fotografar. Em 2008 fui contratado como assistente.

Como foi sua entrada no mercado fotográfico?

Comecei como assistente e não foi fácil, porque eu era totalmente leigo. Mesmo depois de ter sido contratado para essa função, permaneci por mais dois meses só deletando fotos. Fui ter meu primeiro contato direto com uma câmera fotográfica depois desse tempo. E eu mal sabia liga-lá.

Lembro-me de que, depois desse primeiro contato, passei a conhecer mais sobre a fotografia e, por muitas vezes, pensei em desistir, porque era muita coisa pra minha cabeça. Era muita informação e não imaginava que ser fotógrafo era tão complicado. Mas não desisti.

Pouco tempo depois, pesquisando descobri o FOTOJORNALISMO. Foi aí que me encontrei, pois percebi que era aquilo que eu queria: mostrar a realidade como ela é, mostrar o que vejo, detalhes que não podem ser passados para o papel com a ajuda de um lápis.

Fui me interessando cada vez mais pela arte de fotografar. Um tempo depois, me colocaram para cobrir alguns eventos internos como palestras e entrevistas. Claro que isso só aconteceu depois de eu ter aprendido o básico sobre a fotografia: composição e fotometria. Tive algumas dificuldades no início, mas isso não me impediu de seguir em frente.

Tudo isso eu devo ao Robson Siqueira, pois ele foi e é um professor e tanto! Além de amigo, esse cara me ensinou muito e teve muita paciência comigo… Aliás, ele tem até hoje.

Você se inspira em algum fotógrafo?

Sim. Tem como não se inspirar com as fotografias de Sebastião Salgado?

A realidade humana por ele transmitida através da fotografia, me encanta. Ele tem um olhar único, que transforma. É o que me faz querer ser igual ou pelo menos tentar ser a metade do fotógrafo que ele é!

Acadêmico de jornalismo, Wesley deixa seu recado:  “Assim que terminar a faculdade, pretendo me especializar em fotografia e fotojornalismo, pois nesta área o saber nunca é suficiente. E eu sei que tenho de aprender muito todos os dias.” Está coberto de razão! Sempre temos algo para aprender em fotografia!

E para quem quiser conhecer o trablaho dele, segue o contato:

Facebook: http://www.facebook.com/album.php?id=100000827783184&aid=4548

Flickr: http://www.flickr.com/photos/wesleyalmeida/

Twitter: www.twitter.com/@WesleyAlmeida

Obrigada, Wesley! Sucesso e boas fotos!

Um abraço, e até a próxima!

 

FEIRAS, CONGRESSOS E FOTOGRAFIAS… 18/10/2010

Filed under: Editorial — simonezmr @ 11:29
Tags: , , ,

Buenas, gurizada… Hoje vou escrever um pouco sobre trabalhos fotográficos em equipe…

Tudo começou em maio desse ano, quando a Universidade Feevale foi sede do IntercomSul, a etapa regional de um dos maiores congressos de comunicação. Meu colega, Daniel Luciano, junto com o professor Raul Miranda, tomaram a iniciativa de juntar alguns fotógrafos do curso de Publicidade e Propaganda para fazer a cobertura do evento. A equipe contava com cinco fotógrafos: eu, o Daniel, o Leonardo, a Nadiane e o Eduardo, o único que não é de Publicidade (faz Administração). Três dias de evento e uma quantidade enorme de fotos (minhas, foram 1.111, fora as deletadas).

Em agosto, juntou-se à equipe mais uma publicitária, a Elaine, e dessa vez subimos a serra – literalmente. Fomos fotografar o Festival de Cinema de Gramado. Mais uma grande quantidade de fotos e cinco dias de cobertura (o evento durou 9 dias).

Por último, o evento que ocorreu semana passada, a Feira de Iniciação Científica, com quatro dias de cobertura.

Esses eventos trazem experiência e portfólio. São grandes eventos e nos ensinam muito sobre fotojornalismo – mesmo que esse não seja o foco de publicitários. Aliás, não vejo isso como fotojornalismo, mas como fotografia social, já que se trata de evento com grande circulação de público, e não apenas de uma pauta – sem desmerecê-las.

O aprendizado, a troca de experiências, a convivência e o trabalho em equipe são muito gratificantes. Quanto ao direito autoral das fotos – que se misturam – o coletivo se sobressai. São as fotos da equipe, mais do que desse ou daquele fotógrafo. Também vejo como vantagem o fato de termos uma grande equipe, pois o revezamento nos permite cobrir tudo sem sobrecarregar ninguém.

O material que produzimos serve de banco para os jornalistas da Agecom – Agência Experimental em Comunicação, da mesma universidade. E também para os blogs específicos criados dentro da Agecom para a cobertura destes eventos.

As fotos podem ser conferidas nos seguintes endereços:

Feira de Iniciação Científica – FIC 2010:
http://inovamundi.blogspot.com/

Festival de Cinema de Gramado – 2010:
http://comunicacao.feevale.br/festivalcinema/?p=galerias

IntercomSul 2010:
http://intercomsul2010.blogspot.com/
E que venham os próximos!! ;P

Um abraço, e até a próxima!